Pesquisar
Close this search box.

Carnaval de Igarapé-Açu entra no circuito digital

O Pará tinha o “terceiro melhor carnaval” do Brasil, com as escolas de samba no auge e a característica “familiar” na folia.

Outra atração deste domingo, 13 de junho, na programação do 35º Circular Campina Cidade Velha, que estará acontecendo em formato híbrido, é o documentário “Quando Igarapé-Açu tinha Carnaval”, produzido com apoio da Lei Aldir Blanc, com direção do jornalista e escritor, roteirista Edson Coelho, e realização do projeto Moeda Verde. O conteúdo será disponibilizado às 15h30 no Instagram e Facebook do projeto Circular.

“Quando Igarapé-Açu pulava carnaval”

Na década de 1970, o Pará tinha o “terceiro melhor carnaval” do Brasil, com as escolas de samba no auge e a característica “familiar” na folia: dos bisavôs aos bisnetos, era cultural todas as famílias se esbaldaram unidas. Essa força ganhou também o interior e Igarapé-Açu se inseriu na história com bailes e blocos que marcaram a memória da cidade e de milhares de pessoas que, desde a infância, tiveram no carnaval alguns dos mais belos e alegres momentos de suas vidas.

O período foi tão marcante que, hoje, algumas associações e clubes se propõem a um resgate da participação de crianças na folia, o que envolve a aproximação das famílias e de amigos da vida inteira em torno da alegria do samba.

Até então, nenhum documentário havia resgatado de forma efetiva esse período. E é parte desse resgate, parte dessas histórias, que o documentário “Quando Igarapé-Açu pulava carnaval”, se propõe a realizar, a partir de brincantes famosos da época, personagens que faziam da organização da folia a grande razão de suas vidas, e também de pessoas que, à época, eram crianças e hoje têm no carnaval algumas de suas melhores lembranças, como seres humanos e na relação de pertencimento com Igarapé-Açu.

PROGRAMAÇÃO – HORÁRIOS

8h30 – Aula Sukshma Vyayama Yoga – Tunga Vidya

9h00 às 17h00 – Visita Presencial – Espaços Abertos no bairro da Cidade Velha
– Seguindo os protocolos de saúde contra a Covid-19

Espaço Vem – Loja Autoral
Trav. Pedro Albuquerque, 300

Atelier do Zoca – Mostra “Álbum de Retratos”
Rua Dr. Rodrigues dos Santos, 181

Espaço Candeeiro – Exposição Entre Processos
Rua Cametá, 175

Bar do Rubão – Comidinhas
Trav. Gurupá, 312

9h00 – Contação de história
Coração de Barro – Cléber Cajun
Nossos cantos são cantos da casa da Ojú – Lucas Alberto –
A Missão de Seu Pequeno – Mestre Saci

10h00 – Fotoativa – Live “Processos Criativos – desafios e resultados”
Isis Petit – Ilustradora
Francy Botelho – Quadrinista
Leno Sanches. Escultor

11h00 – Vídeo 1ª Etapa – Encantarias de São Benedito (Bragança-Pa)

11h30 – 1ª Temporada de “Ô Mundica, a Novela sem fim” – Mateus Moura

12h00 – Apresentando Casa IGA

12h30 – Toró Gastronomia – Receita

13h00 – Exposição Virtual Teatro Paraense 80/90: Fotografia de Miguel Chikaoka – Kamara Kó Galeria

14h00 – Doc Projeto Iluminação (Colares-Pa) – Atelier Jupati

14h30 – Vídeos do experimento Telavista – Drika Chagas

15h30 – Documentários
A Vaca Velha – Encontro de Bois de Máscaras (São Caetano de Odivelas) – Dir. Ângela Gomes

Quando Igarapé-Açu pulava carnaval – Dir. Edson Coelho / Moeda Verde (Igarapé-Açu – Pa)

16h00 – Clipe Fashion – Comitê Arte Pela Vida – 25 Anos

16h30 – AmaZonas de Nós – Casarão do Boneco
VídeoPerfoemance

17h00 – Live Memória e Patrimônio: A Belle Époque e o Cinema Olympia em Belém do Pará – Roteiros Geo-Turístico

Participação:
Profa. Dra. Maria Goretti Tavares
, Geografia-UFPA
Profa. Dra. Maria Luzia Miranda Álvares, Ciência Política/UFPA
Prof. Ms. Marco Antônio Moreira Carvalho, Crítico de Cinema

18h30 – Live Circuito da Arte em Mídias Alternativas – Espaço Candeeiro
Criação e utilização de mídias alternativas na história das páginas do Cultura Pará e Holofote Virtual – Desafios e parcerias estabelecidas para a dinamização de seus conteúdos.

Participação
Vasco Cavalcante
: Poeta e Designer
Luciana Medeiros: Jornalista e Produtora Cultural
Heldilene Reale: Fotógrafo
Natan Garcia: Artista Visual

19h30 – Cançãozinha – Clipe Nazaré Pereira

20h00 Gaiola Passageiro – Clipe Cincinato Jr.

20h30 Realeza do Guamá – Arraial do Pavulagem

Serviço

A realização do projeto Circular Campina Cidade Velha é do Ministério do Turismo, Associação Amigos de Belém e Circular, com patrocínio do Banco da Amazônia, via Lei Rouanet. Sigam pelo @circularcampinacidadevelha, no Instagram e https://www.facebook.com/ocircular.

3fbbcb_a0a347cbc7674a5c8774870b2020d7f3~mv2

A fotografia cênica nos anos 80 e 90

3 anos atrás

3fbbcb_84a82762844347b0bd20a4fb56634780~mv2

Últimos dias de inscrição ao edital Circular

4 anos atrás

02dc69_a8ad72ace7cb45a49b8cee01e6fe2174~mv2

Circular realiza sua 40ª edição

2 anos atrás

Vila Prana, ocupa rua no Reduto Foto: Cláudio Ferreira

Circular movimenta o domingo no centro histórico

2 anos atrás

3fbbcb_00f9137fed484916aa32ecac8a761a47~mv2

Obras do Solar da Beira trazem descobertas

4 anos atrás

3fbbcb_c4ec494452734937baffa270ae56622b~mv2

Edital com aditivo e inscrições até domingo

4 anos atrás

Assine nossa news e receba todas as novidades sobre o Projeto Circular